Passaporte angolano continua a ser o mais fraco da CPLP

Passaportes do Japão e Singapura são os mais poderosos do mundo. ranking leva em consideração o número de destinos a que detentores de passaportes de determinados países podem aceder sem um visto prévio. Angola cai da posição 89, em Janeiro, para a 92 na lista de 1 de Outubro

Os passaportes do Japão e da Singapura passaram a ser os mais poderosos do mundo, desalojando o alemão. É o que mostra o ranking 2019 da consultoria Henley
& Partners.

Angola obtém a 92ª posição de uma lista de 107 países ou territórios emissores de passaportes. O passaporte angolano tem “portas abertas” em 49 destinos . O do Brasil subiu uma posição no ranking, indo de 18º para 17º, agora com 170 “portas abertas”. Portugal, beneficiando também da condição de membro da União Europeia, é o quinto da lista global, entrando em 185 países sem necessidade de aceder a um visto prévio.

No ranking, é levado em consideração o número de destinos que detentores de passaportes de determinados países podem aceder sem um visto prévio. Neste sentindo, o passaporte japonês e singapuriano possibilitam visitas a 190 países sem visto prévio. Até então, a liderança ela alemã, que caiu para o 2º lugar, dando possibilidade de entrada em 188 países sem visto prévio. A Alemanha empata em com a Coreia do Sul e a Finlândia.

O ranking é baseado em dados exclusivos da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), que, segundo a Henley & Partners, mantém o maior e mais preciso banco de dados de informações de viagens do mundo. Os últimos colocados são Afeganistão (acesso a 25 países), Iraque (27 países) e Síria (29).

O poder dos passaportes da CPLP no mundo:

1 – Portugal, 5º na lista global, com entrada sem necessidade de visto prévio em 185 países

2 – Brasil, 17º na lista global, com entrada sem necessidade de visto prévio em 170 países

3 – Timor Leste, 55º na lista global, com entrada sem necessidade de visto prévio em 95 países

4 – Cabo Verde, 76º na lista global, com entrada sem necessidade de visto prévio em 66 países

5 – Moçambique, 81º na lista global, com entrada sem necessidade de visto prévio em 60 países

6 – S. Tomé e Príncipe, 81º na lista global, com entrada sem necessidade de visto prévio em 60 países

7 – Guiné Bissau, 87º na lista global, com entrada sem necessidade de visto prévio em 54 países

8 – Guiné Equatorial, 90º na lista global, com com entrada sem necessidade de visto prévio em 52 países

9 – Angola, 92º na lista global, com entrada sem necessidade de visto prévio em 49 países

leave a reply