Bureau Político do MPLA trabalha no Huambo

Os membros do Bureau Político do MPLA, encabeçados pela vice-presidente do partido, Luísa Damião, começaram a desenvolver na Sexta-feira, 4, na província do Huambo, uma série de actividades

Por:Constantino Eduardo, enviado ao Huambo

Durante três dias, os membros, repartidos em grupos, vão visitar os municípios do Huambo (sede da província), Mungo, Longonjo, Bailundo, Caála, Londuimbali, Chinjenje, Ucuma, Cachiungo e Chicala-Cholohanga. Nessas municipalidades, os membros vão inteirar-se de aspectos relacionados com o Plano de Intervenção nos Municípios (PIIM), Programa de Diversificação das Exportações e Diminuição das Importações (PRODESI), o programa de combate à corrupção e à impunidade, e desenvolver campanhas de resgate e moralização da sociedade.

A actividade da vice-presidente do MPLA vai decorrer apenas na cidade do Huambo, e prevê visitar instituições escolares, sanitárias, a central térmica e a subestação de energia eléctrica proveniente da barragem do Gove, município da Caála. O ponto mais alto da actividade dos membros do Bureau Político será a realização de um acto de massas a decorrer no Pavilhão Gimnodesportivo do Petro Atlético do Huambo.

Vitória nas eleições autárquicas no Huambo

Por sua vez, o coordenador do grupo de acompanhamento do Bureau Político para a província do Huambo, Mário Pinto de Andrade, manifesta-se confiante numa vitória nos municípios que vierem a ser seleccionados no âmbito da implementação das eleições autárquicas, previstas para 2020 Em declarações à imprensa, no quadro da visita que o Secretariado do Bureau Político efectua a província do Huambo, o político justifica com a recepção calorosa feita à vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, no aeroporto Albano Machado. Mário Pinto de Andrade admite que as autarquias no Huambo serão favoráveis ao MPLA, sustentando que “quando chegar a hora, o MPLA vai competir para ganhar”.

Quem comunga com a ideia de Mário Pinto de Andrade é a secretária- geral da OMA, Luzia Inglês, para quem a sua organização está a desenvolver acções nesta direcção, realçando que o Huambo é uma praça eleitoral importante no Centro-Sul do país. Questionado sobre se não temia os outros adversários políticos, Luzia Inglês respondeu que o seu partido não teme nenhuma organização da Oposição: “devemos é concorrer”, justifica, realçando que os concorrentes ganham de acordo com “os seus feitos”. Luzia Inglês quer uma participação significativa das mulheres em 2020 e espera que elas não se inibam de participar nas mesmas como candidatas.

Rigor e transparência de empresas para o PII M

Falando à imprensa à margem da visita do Secretariado do Bureau Político do MPLA à província sob sua jurisdição, a 1ª secretária do Comité Provincial do MPLA no Huambo refere que, além da preocupação financeira para suportar o plano de iniciativa presidencial, é necessário que se olhe para as regras inerentes ao próprio PIIM. Por isso, sugere que os municípios se munam de ferramentas, para que, quando houver disponibilidade financeira, os encontre já preparados para fazer face ao desafio.

“Dinheiro existe, mas é preciso que o trabalho de casa esteja bem feito”, esclarece. De acordo com Joana Lina, isso, pressupõe a abertura de concursos com o máximo de transparência possível na selecção de empresas e a verificação da sua qualidade e competência. “Não pode ter impostos por pagar e tem que ter uma demonstração de trabalhos feitos, para poder ter acesso”, disse, acrescentando que, em cada município, foi criada uma comissão encarregue de aferir as condicionantes referidas e supervisionada pelo Governo provincial.

“Também o próprio Governo da província criou uma comissão com especialistas de vários níveis, para ajudar as administrações a fazerem bem o trabalho de casa”. Segundo sustenta, tendo o trabalho bem feito e inserido no programa do Ministério das Finanças “o dinheiro vem imediamente. A minha preocupação não está no dinheiro, está no trabalho de casa que tem que ser bem feito para que o dinheiro venha o mais rapidamente possível”, rematou.

error: Content is protected !!