Pai acusado de matar filho de um ano

Um cidadão, na província da Huíla, está a ser acusado de ter provocado a morte de seu filho, de um ano de idade, quando agredia fisicamente a sua esposa

O facto aconteceu na localidade de Catolotolo, na província da Huíla, quando a vítima, em companhia da sua progenitora, deslocaram-se à residência do mesmo (pai), onde se desentenderam e culminou com agressão física, tendo o acusado caído por cima da criança que veio a falecer horas depois. A Polícia Nacional na Huíla deteve o cidadão, por alegada prática do crime de homicídio voluntário, em que é vítima um menor de um ano de idade, seu filho. O acusado já está a contas com o SIC, para os devidos esclarecimentos. Ainda ontem, segundo o balanço da Polícia, foram detidos dois cidadãos no Bengo, por posse ilegal de trezentos (300) kg de estupefaciente (liamba).

É a segunda vez em menos de três dias que as forças policiais no Bengo detêm cidadãos por posse ilegal de estupefaciente. Segundo informações da Polícia no local, a detenção ocorreu na localidade dos Libongos, na Barra do Dande, quando uma viatura de marca Toyota, modelo Corola, de cor cinzenta, com chapa de matrícula, LD-81-95- BE, com duas pessoas a bordo, foi interpelada transportando o referido produto. De realçar que há dois dias, o nosso jornal noticiou a apreensão numa micro-operação, na povoação do Tuzolana, também no Bengo, de um camião IFA com três toneladas de estupefaciente (liamba), em posse de três cidadãos nacionais.

error: Content is protected !!