Estudantes angolanos acumulam prémios de Moda e Cultura em Pretória

Além de Angola, a Costa de Marfim ficou com o Prémio da Culinária, o Gabão, com o da Dança. e a República Democrática do Congo, com o prémio global da edição 2019 do Dia Internacional do Estudante

Pela segunda vez c o n s e c u t i v a (2018/2019), estudantes angolanos da Universidade Tecnológica de Tshwane (TUT) em Pretória, na África do Sul, venceram o Prémio da Moda e Cultura. Segundo uma nota de imprensa, a que OPAÍS teve acesso, o recém-realizado evento visou celebrar o Dia Internacional do Estudante, assinalado na passada Sexta-feira, e reuniu alunos internacionais de oito países africanos: Angola, Costa do Marfim, Congo Democrático, Gabão, Suazilândia, Sudão e Zimbabwe. A nota realça que os estudantes angolanos exibiram um show de moda com panos de Samakaka e dançaram a rebita, o semba e o kuduro, bem como expuseram a cozinha típica dominada pelo calulu, o ca- Além de Angola, a Costa de Marfim ficou com o Prémio da Culinária, o Gabão, com o da Dança. e a República Democrática do Congo, com o prémio global da edição 2019 do Dia Internacional do Estudante tato, o feijão de óleo de palma, a kizaca, ba atatas doce, a mandioca cozidas, a fúmbua de bagre fumado e uma diversidade de quitutes para a degustação do júri e dos demais estudantes.

O evento decorreu sob o lema “Unidade na Diversidade” e foi marcado por uma exposição da Cultura de cada país participante, desde a culinária, a moda e a dança. Apelou à unidade africana e desfraldou a bandeira contra a afro-fobia que no pretérito mês de Setembro atingiu comunidades africanas residentes na África do Sul. Shonay Morgan, que coordenou a organização, descreveu o Festival como um palco de integração cultural, cívica e de cidadania onde os jovens africanos puderam interagir, trocar experiências culturais e sentiram mais de perto as raízes da cultura dos respectivos países.

Outros vencedores

Com apoio da Missão Diplomática em Pretória, Angola ganhou o Prémio Moda, ao passo que a Costa de Marfim, ficou com o Prémio da Culinária. O Gabão com o da dança e a República Democrática do Congo ganhou o prémio global da edição 2019 do Dia Internacional do Estudante. Recorde-se que a Embaixada de Angola em Pretória foi representada pela Terceira secretária para o Sector Político, Benilde Kussumua Paulo. A organização destinou a honra à secretária Benilde Kussumua Paulo, para em nome da Missão Diplomática angolana e da Universidade Tecnológica de Tshwane anunciar e entregar o Prémio Global a RDC como vencedora. A Tshwane University of Technology existe há mais de 15 anos e nela estudam mais de 50 angolanos nas diversas especialidades das ciências tecnológicas

leave a reply