CARTA DO LEITOR: Assuntos para bisar

Caros amigos do jornal OPAÍS, Nos últimos dias, o jornal abordou dois temas que eu acho que são de muita importância, mas que parece que ninguém ligou. Neste momento em que o Governo quer que entremos no mercado único africano e nos mercados da SADC, achei muito interessante que na reunião do Ministério do Turismo na Huíla se abordasse a questão do visto único. Mas parece que passou ao lado de muita gente.

Este, do meu ponto de vista, é um assunto que deveria merecer muita conversa, porque parece que o Governo quer e apresenta soluções para os nossos problemas, mas as pessoas estão mais ocupadas a criticar. Se tivermos visto único para a SADC, só teremos de apostar na divulgação das nossas potencialidades e serviços, que devem ser melhorados, claro, mas podemos ficar com muitos dos turistas que entram todos os anos na África do Sul e na Namíbia, por exemplo.

Só temos de melhorar os serviços e baixar os preços e seguir de boleia. Seria bom criar uma forte aliança com as agências e as empresas de turismo dos países vizinhos, que teriam muito gosto em oferecer mais alguma coisa aos seus clientes. Outro assunto é ter o Rand como moeda de referencia na região SADC.

É a mesma coisa, podemos ter uma espécie de moeda comum e também ela serviria para trocas internacionais, além do turismo. Acho que estes assuntos não foram muito explorados em Angola, mas são duas boas oportunidades que o Governo está a pensar em abrir e que merecem ser bem discutidos e difundidos na sociedade.

João Bettencourt

error: Content is protected !!