Angola prepara “assalto” à final em Benguela

A Selecção Nacional joga amanhã com a Libéria, em partida referente às meias-finais do Campeonato Africano de futebol com muletas. Por isso, aproveita hoje a pausa para corrigir algumas falhas cometidas na primeira fase

Mário Silva, enviado a Benguela

Ao assumir ontem a liderança da primeira fase do Campeonato de futebol com muletas, que decorre na cidade de Benguela, a Selecção Nacional prepara hoje o jogo das meiasfinais. Os campeões do mundo defrontam amanhã a Libéria, campeã africana, no Estádio São Filipe, às 16:00. No tapete verde do Estádio da cidade das Acácias Rubras, o técnico aproveitará corrigir as falhas que resultaram no empate a duas bolas com a Nigéria nesta Terça-feira. Assim, a equipa comandada por Augusto Baptista encara a pausa para estudar melhor o campeão africano, uma vez que cada jogo tem a sua história. Na primeira fase, Angola venceu a Libéria por expressivos cinco bolas sem resposta, mas é um jogo que faz parte do passado. Apesar de a Selecção Nacional ter goleado, o treinador e os seus adjuntos são obrigados a trabalhar bastante o aspecto psicológico dos jogadores.

Aliás, estarão a 50 minutos de chegar à final da prova africana que decorre em solo benguelense. “O nervosismo e outros factores extra-jogo devem ser postos de lado quando rolar a bola no São Filipe”, disse o técnico da Selecção Nacional. Nas meias-finais, segundo o seleccionador nacional, a margem de erros deve ser inferior ao que se fez na primeira fase para não comprometer o objectivo. Por este motivo, os campeões do mundo têm de redobrar os esforços na sessão de treinos desta manhã. “Sabemos que os adversários também estão a trabalhar para vencer os campeões do mundo”, admitiu Augusto Baptista. Na primeira fase, os liberianos não tiveram uma prestação à altura, mas, quando se muda de “faixa”, os atletas agigantam-se e podem surpreender os donos de casa nas grandes competições.

error: Content is protected !!