Angola e Nigéria batem-se na final do Africano

A Selecção Nacional de futebol para amputados pretende, hoje, erguer hoje o troféu continental diante dos nigerianos, no Estádio São Filipe, em Benguela, às 16:00

A Selecção Nacional, campeã do mundo, e a Nigéria discutem hoje o triféu do Campeonato Africano de futebol com muletas, no Estádio São Filipe, na província de Benguela, às 16:00. A jogar em casa, os angolanos são teoricamente favoritos, diante do seu público. Mas, é ponto assente que devem manter-se focados, porque os nigerianos já mostraram que são auntênticos dadores de pancada. Por conta disto, a Selecção Nacional vai entrar com uma equipa à altura, uma vez que os nigerianos são mais fortes fisicamente. Ainda assim, os angolanos mostraram que são fortes técnica e tacticamente, logo terão como dominar o adversário do país mais populoso de África. Mesmo estando em desvantagem nas bancadas, os nigerianos estão convictos e querem surpreender os angolanos esta tarde no São Filipe. Deste modo, querem entrar focados no triunfo, pois regressar com o triunfo na bagagem é a meta.

A voz dos técnicos

O treinador da Selecção Nacional, Agusto Baptista “Cheto”, adiantou que a equipa está motivada e preparada para vencer o africano. “Vamos jogar com uma selecção que tem dois defesas com poder físico que amedronta os avançados, mas acredito que os meus jogadores sabem como vão ultrapassar os nigerianos”, revelou Augusto Baptista. Augusto Baptista referiu que não será uma partida fácil, mas nada é impossível, uma vez que o grupo pode fazer mais e melhor.

Por sua vez, o treinador da Nigéria, Victor Nwenwe, prometeu anular o avançado angolano Adão, atleta com argumentos técnicos e tácticos acima da média. “Os adeptos vão assistir a um bom jogo, porque vão defrontarse as melhores selecções do certame”, admitiu o técnico nigeriano. No entanto, vai apostar no contra- ataque para surpreender a defensiva angolana comandada por Celestino Elias, melhor jogado do mundo no Mundial do México.

Nas meias-finais, a Nigéria deixou para trás a Tanzânia (3-2), ao passo que Angola vergou a Libéria, campeã africana, por uma bola a zero, golo marcado por Sabino António.

Libéria e Tanzânia jogam pelo terceiro lugar

Esta amanhã, no Estádio São Filipe, em Benguela, a selecção da Libéria, detentora do título, e a Tanzânia, equipa sensação da prova, vão discutir o terceiro lugar da 5ª edição do Campeonato Africano das Nações às 9:00. Depois de perderem a oportunidade de revalidar o ceptro, após derrota de 1-0 frente a Angola, ontem, os liberianos são obrigados a manter a concentração para vencer e terminar o Africano no último lugar do pódio. Para isso, a equipa técnica da Libéria recuperou a condição física dos atletas, porque esforçaram- se muito no desafio com Angola. No entanto, os compatriotas de Jorge Weah, antiga estrela do futebol mundial, têm de ‘puxar dos galões’ para conseguir o triunfo. Mesmo diante dos campeões em título, a selecção sensação do certame, a Tanzânia, comandada em campo por Alfani, que conquistou a simpatia dos adeptos, prometeu marcar golos esta manhã.

error: Content is protected !!