Carta do Leitor: Hora de separar o lixo, há quem viva dele

director do Jornal O País, Agradeço a criação deste espaço, onde o leitor também tem voz. Sou Licenciada em Ambiente e Gestão do Território pela Universidade Metodista de Angola desde 2012, gostaria de dar o meu contributo para uma situação que me inquieta bastante. É visível o aumento do número de pessoas que observamos diariamente a revirar os contentores de lixo, chegam a deitar o lixo para o chão, são confundidos com mendigos, nem sempre corresponde à verdade, muitos vão à procura de latas e garrafas, artigos que têm gerado rendimento para muitas famílias.

Gostaria de apelar a quem de direito, aos nossos gestores públicos, principalmente nas centralidades e condomínios, a implementação gradativa de contentores diferenciados, assim com a consciencialização das pessoas para este facto, pode parecer difícil, mas se não dermos os primeiros passos, nunca sairemos da mesmice, pois o caminho faz-se caminhando.

Apelo também aos estimados leitores deste jornal a darem o seu contributo, no sentido de separar os artigos mencionados a partir de casa, para facilitar a vida de quem encontrou neste trabalho a sua fonte de rendimento… Podemos fazer mais, pelo nosso ambiente e para uma vida melhor Os meus cumprimentos,

Domingas Correia

error: Content is protected !!