Grupo B-ÜNIK dinamiza Nova Escola de rappers com EP “On The Maps”

O EP comporta oito faixas musicais e conta com a participação dos rappers Uami Ndongadas e Johnny Berry

O grupo de rappers da Nova Escola B-ÜNIK disponibilizou nesta semana, nas plataformas digitais, o EP intitulado “On The Maps”, que traduzido em português significa “Nos Mapas”. Por detrás da escolha do título da obra – que comporta oito faixas musicais, dentre as quais “Dinastia”, “Rebolar”, “MDCC”, “Lost”, “Forever”, “Barulho”, “Telefone” e “Papo Recto” -, encobrese a trajectória do grupo.

Em entrevista a OPAÍS, Rigoberto Torres, membro da “B”, maneira como os fãs tratam carinhosamente o grupo, contou que a ambição é uma das suas idiossincrasias. Daí nasce a explicação de terem sido eles próprios a compor, cantar, produzir e divulgarem a sua obra. Para Rigoberto, o EP transmite a originalidade que o grupo carrega, o que garante ser visível através das histórias que contam em formas de músicas, onde um número considerável de pessoas se revê.

A B-ÜNIK pretende, igualmente, com o EP “ON The Maps”, que contou com as participações de Uami Ndongadas e Johnny Berry, mostrar ao público o seu potencial em fazer rap. “A sociedade poderá tirar grandes lições das músicas da nossa EP porque a mesma acarreta conteúdo de qualidade, vivências actuais e até passadas que poderão ajudar pessoas a se identificarem com as músicas ou mesmo até superar determinadas situações”, garantiu Rigoberto.

O grupo A B-ÜNIK é um grupo composto apenas por jovens, que tem como CEO e fundador Edgar Patrice Victor (D3GV$) e tem diferentes áreas de actuação como a Música, Moda, Imagem e Cinema. Quanto ao critério de selecção dos membros, o CEO já tinha alguns em mente. Outros integrantes entraram através de castings. Assim, na área da música, a “B” é constituída por Rigoberto Torres, D3GV$, Fábios Santos, Jay Monsta, Mary’J, Soba Blake, Yankei, Nuno Pontas, Tchu Mário Wanga, Aifos, 2Young e Aryboy. Entre os maiores sonhos da B, consta o de internacionalizar a carreira de cada artista, bem como o de poder mudar, para melhor, a forma de a sociedade de pensar através da música. Saída de Uami Ndongadas O rapper da Nova Escola Uami Ndongadas, conhecido pela música “Aula 4” e pela sua participação na música de Preto Show “Pedra”, finalista no Top dos Mais Queridos, saiu da B-ÜNIK após ter assinado o contrato com a Clé Entertainment. Para Rigoberto, a saída do Uami deve-se à falta de consideração pelo grupo.

Apesar de ter celebrado um contrato com outra “label”, os ex-companheiros queriam ter uma conversa prévia, o que não foi possível. Sem motivação para falar sobre o assunto, Rigoberto disse que essa saída afectou o grupo. “Mexeu no sentimento de afecto que tínhamos por ele sim, contudo, não guardámos nenhuma mágoa. Não podemos viver com rancor de ninguém e lidamos na base de respeito”, sublinhou, avançando que até agora fala com Uami, mas esporadicamente

error: Content is protected !!