O editorial:Uma contagem que não para

Jornal OPaís edição 1627 de 15/10/2019

Mais seis pessoas perderam a vida na estrada no Bié, mais uma vez mortes múltiplas num único acidente. Mais uma vez um bebé com menos de um ano perdeu a vida de forma trágica. É assim em Angola, uma quase inevitabilidade, resultante de uma conjugação de factores evitáveis: mau estado das estradas, carros não fiscalizados e em mau estado técnico a fazer transporte de passageiros e falta de transportes públicos em quantidade e fiáveis. As pessoas ficam entregues à sorte dos dias, tanto pode correr bem como correr mal uma viagem em automóvel inadequado, sobrelotado e com condutor não habilitado, irresponsável, aventureiro, mas que tem nesta “aventura” a melhor, e por vezes a única, forma de sobrevivência. E quando as coisas correm mal, infelizmente, são sempre múltiplas as mortes da candonga.

error: Content is protected !!