“Quem tentar actos separatistas acabará esmagado’, adverte Xi Jinping

O Presidente da China, Xi Jinping, advertiu, segundo agências estrangeiras, que “qualquer um que tentar actividades separatistas em qualquer parte da China acabará com o corpo esmagado e os ossos quebrados”, teria publicado nesta Segunda-feira (14) a edição digital do jornal “Diário do Povo”

“Qualquer força exterior que apoiar essas tentativas será considerada pelo povo chinês como fantasiosa”, disse o governante numa uma visita de Estado ao Nepal no fim de semana. Pouco depois, a agência estatal Xinhua divulgou uma versão um pouco diferente da declaração citada no Ociedente, sem menção ao “corpo esmagado e ossos quebrados”, segundo a CNN. “Qualquer pessoa que tentar actividades separatistas em qualquer parte da China será esmagada, e qualquer força externa que apoie essas tentativas será considerada pelo povo chinês como fantasiosa”. Actos em Hong Kong Os protestos antigoverno chinês em Hong Kong continuam pela 19ª semana seguida. Neste Domingo (13), os manifestantes foram às ruas em número menor do que o visto nos últimos dias. Algumas das manifestações, em diferentes bairros, acabaram em confrontos entre as forças de segurança e activistas. Vários deles estavam com o rosto coberto e saquearam lojas.. Também bloquearam ruas e lançaram objectos em vias férreas. Os protestos no território autónomo ganharam força em Junho por causa de um polémico projeto de lei de extradição, transformaram- se em um movimento que luta pela democracia e uma oposição ao “autoritarismo” de Pequim. Alguns manifestantes optaram por táticas mais radicais, abandonando o protesto pacífico, e os conflitos violentos com a Polícia se tornaram frequentes. Para a China, esses actos são incentivados pelo exterior, principalmente pelos Estados Unidos. O Presidente da China agradeceu ao Nepal pela “firme adesão à política de uma só China”, que rejeita que Taiwan e Hong Kong se

error: Content is protected !!