autoridades na alemanha convencem ‘herói’ angolano a ingressar nos bombeiros

Depois de uma passagem pelo país, onde esteve em gozo de férias por alguns dias, Tiago manuel regressou a alemanha, e foi surpreendido por uma equipa de bombeiros encabeçada pelo responsável da cidade de Castrop-Rauxel, em dortmund, para o demover da sua intenção inicial de não ingressar no corpo de bombeiros

André Tiago Manuel vai frequentar o curso de formação profissional completo de bombeiros durante dois anos numa das escolas de Dortmund a ser patrocinado pelo governo local, como jeito de gratidão pelas 65 crianças e dois professores que foram salvos no pretérito mês de Junho, numa auto-estrada.

O jovem, que já é considerado um herói neste país Europeu, receberá formação nas componentes teóricas e práticas, onde estará incluída os primeiros socorros, medicina geral e outras componentes das ciências médicas. Depois de uma passagem por Angola, onde esteve em gozo de férias por alguns dias, Tiago Manuel regressou a Alemanha, e foi surpreendido por uma equipa de bombeiros encabeçada pelo responsável da cidade de Castrop- Rauxel, em Dortmund, para o demover da sua intenção inicial de não ingressar no corpo de bombeiros. “Repensei na proposta e decidi aceitar. No futuro poderei partilhar a experiência com os meus irmãos bombeiros angolanos”, disse Tiago Manuel, em declarações a OPAÍS.

Importa frisar que uma semana depois de ter arriscado a sua vida para salvar as 65 crianças alemãs que se encontravam no interior de um autocarro que incendiou quando circulava numa auto-estrada, o Comando do Corpo de Bombeiros da cidade de Herten já lhe tinha disponibilizado uma vaga para que o jovem de 36 anos fizesse a formação para ingressar nos quadros da instituição, uma proposta, no entanto, rejeitada na altura. No mês de Setembro, André Tiago Manuel, protagonizou mais um acto de heroísmo ao salvar dois cidadãos ucranianos, de 33 e 46 anos de idade, que estavam encarcerados num camião, depois de aparatoso acidente de viação ocorrido na mesma auto-estrada em que se incendiou o autocarro.

Homem propaganda

Além da formação, o jovem de 36 anos disse que a direcção dos bombeiros de Castrop-Rauxel fez-lhe uma proposta para fazer uma série de publicidades relacionadas ao dia-a-dia dos bombeiros. O objectivo, segundo Tiago, é passar uma imagem positiva da postura que deve ser apresentada por um bombeiro diante dos cidadãos, principalmente em situações de risco como incêndios ou sinistralidade rodoviária.

Quando esteve em Angola de férias, o jovem que reside na Alemanha há mais de 20 anos, contou a OPAÍS que pretendia oferecer o prémio de herói que recebeu do Governo Alemão ao Presidente da República, João Lourenço, por se tratar da figura que representa todos os angolanos. Contou que o certificado de honra já está traduzido em português e ampliado, mas infelizmente tendo em conta a agenda do Presidente República, não chegou a ser recebido.

“Queria entregar o prémio como símbolo de respeito porque ele é o pai da nação e tem que saber que há angolanos lá fora que estão a contribuir para que o nosso país tenha uma imagem positiva nos outros países. Não foi possível desta vez, mas o mais importante foi a intenção”, rematou.

error: Content is protected !!