Angolanos choram a morte de Rui Jordão

A família do futebol em Angola lamenta a morte do luso-angolano, Rui Jordão, de 67 anos, ocorrido ontem, em Portugal, vítima de doença prolongada

Por:Kiameso Pedro

Os amantes do desporto- rei em Angola souberam com enorme surpresa do passamento físico de Rui Jordão, ocorrido ontem, em Portugal, vítima de problemas cardíacos. Deste modo, a Associação Provincial de Benguela (APFB) lamentou em comunicado a morte de Rui Jordão, antigo futebolista do Benfica e Sporting de Portugal. Por seu lado, o comentador Rui Gomes disse a este jornal que foi com bastante pesar que soube do passamento físico da antiga lenda da selecção nacional de Portugal. Rui Gomes rendeu-se às qualidades de Rui Jordão, que nasceu na província de Benguela,em 1952, pelo que a sua morte é uma perda irreparável para o desporto mundial.

A morte de Rui é uma perda irreparável para o desporto mundial”, afirmou o antigo presidente da Associação Provincial de Futebol de Luanda. Por sua vez, o jornalista Ramiro Aleixo, na sua página do Facebbok, frisou que Rui Jordão foi um atleta que se notabilizou no Sporting e Benfica. Ramiro Aleixo afirmou que a morte de Rui Jordão deixará um vazio no futebol mundial. Este jornal entrou em contacto com Nando Jordão, comentador desportivo, mas a nora do antigo dirigente da FAF contou que o mesmo não se encontrava em condições psicológicas de prestar declarações.

error: Content is protected !!