PR homenageia mártires da resistência do Cuito

Presidente da República, João Lourenço, rendeu ontem, Sábado, homenagem aos cerca de 7 mil mártires da resistência do Cuito (Bié), sepultados no Cemitério Monumento. Em declarações à imprensa, após depositar uma coroa de flores, o Chefe de Estado, visivelmente comovido, disse tratar- se sempre de um momento de profunda reflexão para que a história não se repita.

“O compromisso que devemos assumir sempre que viermos a este local é de tudo fazer para que a história não se repita. Portanto, o que passou passou, devemos mobilizar a população para os desafios do futuro, tendo como foco o desenvolvimento”, exprimiu. João Lourenço reafirmou a vontade de manter o Cuito como “Cidade do Perdão”, compromisso assumido na campanha eleitoral de 2017. No cemitério Mártires do Cuíto, localizado na comuna do Cunje, sete quilómetros a Norte do Cuito, estão sepultados perto de 7 mil corpos, que haviam sido enterrados em locais impróprios, como jardins e quintais de residências, por força da guerra pós-eleitoral de 1992.

Erguido com a finalidade de permitir a passagem do testemunho às novas gerações, sobre os acontecimentos que levaram à morte de milhares de angolanos na década de 90, o cemitério ocupa uma área de 75 mil metros quadrados. Possui três casas de apoio, sendo uma capela, casa administrativa e um museu que contém alguns artefactos encontrados junto dos corpos, nomeadamente retratos, documentos e restos do material usado durante a guerra. O processo de construção do cemitério, exumação e inumação dos corpos decorreu de 13 de Outubro de 2003 a Novembro de 2004 e orçou aos cofres do Estado angolano cerca de 510 milhões de Kwanzas.

O Presidente da República cumpriu ontem o último dia da sua visita de trabalho à província do Bié, iniciada Sexta-feira, para se inteirar da sua situação sócio-económica e traçar soluções para os problemas da população. No cumprimento da agenda da sua visita, o estadista inaugurou, Sexta-feira, o Hospital Regional do Cuemba e reabriu o aeroporto Joaquim Kapango, na cidade do Cuito. Inteirou-se do andamento das obras do Hospital Provincial do Bié, erguido até hoje já em cerca de 70 porcento. Ainda ontem, o Presidente inaugurou um sistema de captação, tratamento e distribuição de água à cidade do Cuito, além de manter um encontro com a juventude e orientar a reunião do Conselho Provincial de Auscultação das Comunidades.

error: Content is protected !!