MPLA e Partido Comunista da China reforçam relações

As relações de amizade e cooperação entre o MPLA e o Partido Comunista da China (PCC) ficaram reforçadas esta Segunda-feira durante um encontro que a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, manteve com uma delegação daquela força política chinesa, chefiada por Guo Yezhou

Em declarações à imprensa, o vice-ministro do Departamento Internacional do Comité Central do Partido Comunista da China, Guo Yezhou, informou que o encontro serviu para fortalecer e renovar as relações entre Angola e a China, fundamentalmente no âmbito partidário. Adiantou que as relações de amizade entre o MPLA e o Partido Comunista da China (PCC) continuam excelentes. “Essa visita visou reforçar a amizade entre os dois partidos e países”. Segundo o dirigente chinês, os dois partidos alcançaram êxitos no desenvolvimento dos respectivos países, liderados por João Lourenço e Xi Jinping. O encontro decorreu na sede do MPLA e foi testemunhado pelo embaixador da República Popular da China em Angola, Gong Tao. A delegação chinesa encontra- se em Angola, desde Domingo, a convite do partido no poder em Angola. Fundado em Julho de 1921, em Xangai, o PCC governa o gigante asiático desde 1949. É composto por mais de 87 milhões de militantes.

error: Content is protected !!