Oficial das FAA na Matala apanhado a desviar 164 caixas de frango

O destino era a cidade do Lubango, onde deveria comercializá-los no mercado informal, segundo confessou às autoridades policiais e militares que o detiveram na localidade de Bember

Por:João Katombela, na Huíla

Um oficial das Forças Amadas Angolanas (FAA) foi apanhado na Sexta-feira, 17, na localidade de Bember, município da Matala, a transportar 164 caixas de frango que seriam para a alimentação dos efetivos da 6ª Divisão de Infantaria Motorizada, estacionada na Matala.

O major Ambrósio Manuel dos Santos, responsável pelos víveres na repartição de logística da 6ª Divisão de Infantaria Motorizada, foi flagrado pelas 11 horas por agentes reguladores de trânsito em parceria com a Polícia Militar (PM) que se encontravam em serviço naquele local, quando pretendia transportar a mercadoria para a cidade do Lubango.

Além de caixas de frango que estavam a ser transportadas numa carrinha de marca Canter, conduzida por um cidadão identificado por Alfredo, carregava também 50 caixas de carne de porco e uma de carne de vaca. Segundo uma fonte deste jornal junto da Procuradoria Militar da Região, o major Ambrósio Manuel dos Santos e o condutor da viatura estão detidos numa unidade penitenciária do município da Matala. A fonte acrescentou que o major Ambrósio dos Santos será ouvido na manhã desta Terça-feira, 21, por um procurador militar.

“Os agentes de serviço de trânsito em parceria com a Polícia Militar (PM) detiveram em Flagrante delito um oficial que transportava uma mercadoria destinada a logística das tropas, este oficial será presente ao Ministério Público de fórum militar para se determinar quais são as medidas de coação a serem aplicadas” disse a fonte, que preferiu o anonimato. Este, não é o primeiro caso de desvio de bens pertencentes às Forças Armadas Angolanas em que é envolvido um oficial das FAA na localidade, sendo que o ex-comandante desta região, tenente- general Remígio do Espírito Santo, está a ser acusado de ter desviado seis camiões de alcatrão, caso cujo desfecho ainda é desconhecido.

Remígio do Espírito foi denunciado pelo tenente-coronel Armindo da Conceição, também da 6ª Divisão, como sendo o mandante para o desvio de alcatrão da empresa Empresa Nacional de Construção de Aeródromos (Aerovia- EP) do Ministério da Defesa Nacional (MINDEN). Armindo da Conceição foi detido em Junho deste ano na localidade das Cabanas pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) do município da Matala, província da Huíla, em posse de um camião carregado de alcatrão.

error: Content is protected !!