O editorial:Voluntariado, uma lei que tarda

O editorial:Voluntariado, uma lei que tarda

Um Seminário Nacional sobre Voluntariado realiza-se Sexta-feira (25), em Luanda, com o objectivo de analisar o papel deste segmento em Angola e reforçar a capacidade de intervenção do Executivo na preparação da lei sobre o assunto. Esta notícia é da ANGOP. O evento é organizado pela Secretaria para Área Social da Casa Civil do Presidente da República, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento sob o lema “Voluntariado, uma forma de solidariedade para com a comunidade”. O Executivo que se apresse, vêm aí dias importantes para incentivar o voluntariado, aliás, dias em que a entrega voluntária de uns cidadãos o outros salvará vidas. Mas é preciso entender-se que o acto voluntário tem a ver com a alma humana e não com cartões partidários. Seja como for, nesta crise económica, quem é solidário e voluntário está a salvar outros e a si mesmo.