Desvalorização do Kwanza “exige” competitividade dos produtos locais

O director nacional de intercâmbio do Ministério do Comércio, Rui Livramento, afirmou Quinta-feira, em Benguela, que a desvalorização da moeda nacional vai “obrigar” a uma maior competitividade dos produtos locais, sobretudo ao nível da SADC. O responsável, que falava à imprensa, à margem de um workshop de apresentação pública do estudo sobre a diversificação das exportações de Angola, disse que o país tem um plano de importações excessivas, pelo que a desvalorização do Kwanza apresenta-se como uma oportunidade para que os produtos locais sejam mais competitivos. Rui Livramento defendeu a necessidade de se apostar na qualidade dos produtos locais para que sejam mais consumidos e o país possa ganhar reputação no mercado e consiga exportá-los.

error: Content is protected !!