Carta do leitor:Bom senso é preciso Saudações, caro

Saudações, caro director e a todo o colectivo de trabalhadores que diariamente empenham todo o seu conhecimento para levar ate a nós, cidadãos, um genérico de informação variada e de muito boa qualidade. Estimado, venho por esta via expor o seguinte. Sou um cidadão chinês, residente em Luanda há dez anos. Sou trabalhador da empresa chinesa CTCE. E ontem, o Governo provincial de Luanda, deu a conhecer a abertura do retorno, na via expressa, no sentido Benfica/Cacuaco que vai permitir uma maior fluidez do trafego automóvel naquela zona. Depois de cinco anos de muito sofrimento, os moradores da centralidade do Sequele e arredores terão agora a vida facilitada com aquele retorno, deixando de ir fazer o retorno na zona de viana, o que era um verdeiro martírio. Porém, ate ali tudo bem, estamos todos de acordo e aplaudimos a medida. Mas o que não fi ca bem é a falta de bom senso do ˙overno em comunicar que aquela importante obra foi feita pela empresa chinesa CTCE, que construiu com o seu próprio dinheiro, a custo zero, no âmbito das actividades de solidariedade que as instituições chinesas e o grupo de cidadãos daquele país asiático vêm desenvolvendo no sentido de mudar a vida dos angolanos Levanto esta questão porque, para nós, trabalhadores, que empenhamos todo nosso conhecimento na construção daquela obra, a custo zero, não nos sentimos bem ver o Governo de Luanda a esbanjar todo o seu charme, dando a entender que gastou milhões de dólares numa obra dada sem custo nenhum. Portanto, numa altura em que o vosso país atravessa difi culdades económicas, com o Governo sem verbas para erguer muitos projectos, o normal seria agradecer e referenciar o bom senso da empresa chinesa CTCE em proporcionar melhor mobilidade aos cidadãos angolanos a custo zero. Afi nal, nos dias de hoje, não há almoços grátis. E quando alguém te oferece uma refeição o normal, sobretudo para um Estado, seria a gratifi cação e referência para que mais acções venham a se concretizar no futuro.

 

 

Muito obrigado
Lil Twaing, engenheiro de
construção civil
Luanda-Cacuaco

error: Content is protected !!