Cobrança indevida do IVA leva à suspensão de cinco lojas

As actividades de cinco superfícies comerciais, entre intermédios e de grande dimensão, foram temporariamente suspensas, neste Sábado, no Huambo, pela inspecção Geral do Comércio, por estarem a especular os preços da cesta básica, depois da entrada em vigor do imposto sobre o valor Acrescentado (ivA), no passado dia 01. Localizadas na zona comercial do São Pedro e no bairro São João, ambos nos arredores da cidade do Huambo, além da cobrança indevida do ivA, cometeram igualmente infracção de inexistência de facturas de mercadoria. Em declarações à imprensa, o inspector o inspectorgeral do Comércio, Fernando Francisco, deu a conhecer o facto referindo que a mesma deveu-se ao facto de estarem a cobrar, de forma ilegal, o imposto sobre o valor Acrescentado, quando, na verdade, não aderiram ao regime geral, além de terem cometido outra infracção nos termos da Lai nº1/04, que regula as actividades comerciais em Angola.

error: Content is protected !!