MINSA desmente morte diária de 10 crianças por sarampo na Lunda Norte

O secretário de Estado da Saúde para a Área Hospitalar, Leonardo Europeu, considerou caluniosas as informações que circulam nas redes sociais que dão conta de que dez crianças morrem de sarampo, por dia, no município do Cuango, província da Lunda Norte.

“Não há crianças a morrer por sarampo na província da Lunda Norte como tem sido vinculado nas redes sociais. Há sim muitos casos de malária e anemia severa que já estão a ser combatidos”, sublinhou durante uma visita de constatação ao município do Cuango.

Leonardo Europeu, que coordena uma equipa multissectorial que permanecerá durante oito dias na circunscrição, disse estarem, actualmente, 100 crianças internadas no Hospital do Cafunfu, 12 das quais na sala de isolamento com sarampo

A equipa vai, no Cuango, traçar medidas de bloqueio do sarampo e da malária, bem como coordenar uma campanha de vacinação que prevê imunizar cerca de 53 mil crianças.

Por seu turno, o director do Gabinete Provincial da Saúde na Lunda Norte, Gimy Nhunga, avançou que dos 110 casos suspeitos no Cuango nenhum resultou em positivo, segundo o resultado das amostras.

Apelou aos pais e encarregados de educação a levarem os filhos aos postos de vacinação, evitando a opção pela medicina tradicional para a cura do sarampo ou outras doenças.

error: Content is protected !!