Primeiro-ministro guineense mantém-se em funções, após decreto de demissão do PR

 

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau,demitido esta Segunda-feira,pelo Presidente Mário Vaz,  publicou hoje às 10:15 na sua página oficial da rede social Facebook fotos de reuniões de trabalho, escrevendo que hoje é “mais um dia de serviço à Nação”, horas depois de ter sido demitido por decreto presidencial.

 

 Lusa

 

error: Content is protected !!