Barnier diz que risco de Brexit sem acordo persiste e que conversas comerciais serão “difíceis”

O negociador da União Europeia para a separação britânica do bloco, Michel Barnier, disse nesta Quartafeira que o risco de uma saída caótica do Reino Unido sem um acordo ainda existe e que as futuras conversas comerciais serão “difíceis e exigentes”. Barnier falou no momento em que o Reino Unido se encaminha para uma eleição nacional a 12 de Dezembro que o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, espera desbloquear o impasse do Brexit depois que o seu Parlamento indisciplinado se recusou a ratificar rapidamente o seu pacto de separação do bloco.

“O risco de o Brexit acontecer sem um acordo ratificado ainda existe”, disse Barnier num discurso em Bruxelas. “Ainda precisamos de nos preparar”.

“Em todos os Estados-membros, existe uma grande diferença de prontidão entre empresas maiores e PME. Não é hora de ser complacente. O trabalho com as PME em particular precisa de continuar”, afirmou, referindo-se às pequenas e médias empresas.

Barnier disse que um rompimento sem acordo poderia acontecer no final de Janeiro se o Parlamento britânico não ratificar o pacto de Johnson e Londres não obtiver mais um adiamento da desfiliação.

Também pode acontecer ao final de um período de transição pós-Brexit que deve durar até ao final de 2020, disse Barnier, se nenhum acordo comercial novo for acertado entre os dois lados até então e não se conceder nenhum tempo adicional para obtê-lo.

O francês alertou que há muito pouco tempo entre o dia do Brexit e o final de 2020 para se firmar um novo acordo comercial.

error: Content is protected !!