Machar diz que não fará parte do Governo de unidade até 12 de Novembro

O principal líder da Oposição do Sudão do Sul pediu na Quarta-feira um prolongamento de seis meses para o prazo de 12 de Novembro para formar um Governo de unidade, confirmando que o processo de paz do país não seguirá a sua linha do tempo original.

O porta-voz do ex-líder rebelde Riek Machar disse que o tempo adicional “daria espaço” para a resolução de problemas.

Puok Both Buluang também disse que a extensão só valeria a pena se o Governo liberasse os fundos que concordou em gastar na implementação do acordo de paz.

error: Content is protected !!