“O feito dos Palanquinhas no Brasil deve orgulhar os angolanos”

O antigo presidente da Associação Provincial de Futebol de Luanda (APFL), Rui Gomes, considerou ontem a “OPAÍS”, que a qualificação da Selecção Nacional sub-17 para os oitavos-de-final do Mundial do Brasil foi fruto da boa campanha que realizou no CAN da Tanzânia, bem como no torneio de desenvolvimento da UEFA decorrido na Turquia.

Rui Gomes disse que, se por acaso o combinado angolano continuar a jogar como equipa poderá protagonizar a maior surpresa da prova.

O comentador fez saber que o apuramento da selecção para a outra fase é um feito que deve orgulhar os angolanos.

“Mas isso só foi possível porque fizemos uma boa campanha no torneio da Turquia e no CAN da Tanzânia, disse.

Por sua vez, o director do Estádio 11 de Novembro, Luís Cazengue “Lusinho”, afirmou que o feito de Angola poderá servir como porta de entrada dos atletas angolanos para os campeonatos europeus.

“Obviamente todos os angolanos devem estar felizes por este feito. Isso vai servir de porta de entrada de jogadores angolanos para a Europa”, afirmou.

Angola defronta na madrugada de Sábado o Brasil para a terceira e última jornada do Campeonato do Mundo.

Para esta partida, os angolanos e os brasileiros vão discutir a liderança do grupo A.

error: Content is protected !!