Pérolas africanas aguardam verbas para o estágio no Japão

A Selecção Nacional sénior feminina de andebol pode falhar o estágio no Japão, palco do Mundial, a realizar-se de 30 Novembro a 15 de Dezembro. Entretanto, o MIJUND promete resolver a situação nos próximos dias

O director executivo da Federação Angolana de Andebol (FAAND), António dos Santos, disse ontem a O PAÍS, que a Selecção Nacional sénior feminina aguarda pelas verbas, tendo em vista o estágio pré-competitivo no Japão, palco do Campeonato Mundo da modalidade, a realizar-se de 30 Novembro a 15 de Dezembro.

António dos Santos garantiu que a Federação já entrou em contacto com o Ministério da Juventude e Desportos (MINJUD) no sentido daquele órgão apoiar financeiramente a selecção de modo a preparar a prova mundial sem constrangimentos.

O dirigente explicou que o MINJUD já reagiu à solicitação da FAAND, pelo que nos próximos dias tudo estará resolvido.

Angola pretende melhorar o 19º posto conseguido na edição passada, na Alemanha, em 2017.

Por conta disso, começará a treinar na próxima Segunda-feira, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, em Luanda.

O combinado nacional, sob o comando técnico do dinamarquês Morten Soubak, figura no grupo A com a Noruega, Holanda, Eslovénia, Cuba e Sérvia.

A Roménia, Espanha, Senegal, Cazaquistão, Hungria e Montenegro compõem a série C, ao passo que a Argentina, Congo Democrático, Rússia, Suécia, China, Japão figuram no grupo D.

O grupo B é composto pelas selecções do Brasil, Austrália, Dinamarca, França, Alemanha e Coreia do Sul.

error: Content is protected !!