Cinco atacantes mortos ao tentarem “resgatar” preso da cadeia de Luzia

Cinco cidadãos foram mortos e um ferido por operacionais do Serviço Penitenciário destacados na cadeia do Luzia, na província da Lunda-Sul, por, alegadamente tentarem resgatar um supostos marginal, por volta das 1h30 de Quinta-feira, detido por posse ilegal de arma de fogo. De acordo com uma nota de imprensa do Comando geral da Polícia Nacional a que OPAÍS teve acesso, os seis faziam parte de um grupo de supostos cidadãos que, munidos de armas de fogo, brancas e de arremesso, tentaram invadir o aludido estabelecimento penitenciário. Os agentes da Ordem detiveram, no local, 18 integrantes do aludido grupo. “Foram apreendidas também uma arma de fogo tipo AKM, seis catanas, quatro facas, dois alicates de corte de ferro, um quilograma de estupefaciente e cinco telemóveis”, lê-se no documento. Este órgão do Ministério do Interior diz, na referida nota, que três agendes do Serviço Penitenciário ficaram feridos em consequência da acção.

error: Content is protected !!