Empresas passam no teste para movimento de mercadorias

Sete dos 20 grandes contribuintes que candidataram-se ao programa Operador Económico Autorizado (OEA) receberam, ontem, da Administração Geral Tributária (AGT), o certificado que os habilita a participar em operações de comércio externo e no movimento internacional de mercadorias. Trata-se da Toyota de Angola, Mota Engil, Total Angola, Nova Agro-Lider, Coca-Cola Bottle, Staly – distribuição de material informático e Grandes Moagens de Angola, empresas que mediante o cumprimento voluntário dos critérios de segurança aplicadas à cadeia logística ou das obrigações aduaneiras e fiscais vão dar o ponto de partida da actividade do operador económico em Angola.

error: Content is protected !!