Nacional de basquetebol continua sem data para o arranque

Por:Kiameso Pedro

O treinador do Interclube, Raul Duarte, considerou ontem a O PAÍS que a direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), que está sem presidente, porque Hélder Cruz renunciou ao seu cargo, é desorganizada, uma vez que não consegue encontrar soluções para pagar a dívida que tem para com os árbitros, avaliada em mais de cinco milhões de kwanzas. Raul Duarte afirmou que a FAB, teve muito tempo para resolver a situação dos árbitros. “A Federação é desorganizada. Os responsáveis tiveram muito tempo para resolver essa situação.

Não sei o que estiveram a fazer, sobretudo, nos três últimos meses”, afirmou. Raul Duarte fez saber que o impasse que se mantém face ao arranque da competição está a ‘beliscar’ o plano de treino da sua equipa. “Obviamente que isso “mata” aquilo que o treinador pretende para a sua equipa. Não sabemos quando a prova começa e não vale treinar só por treinar”, disse. Contactado por este jornal, o treinador da Universidade Lusíadas, Manuel Silva “Gi”, preferiu não prestar declarações por indisponibilidade. O Petro de Luanda, clube sob o comando de Lazare Adingono, é o detentor do título, ao passo que o 1º de Agoso é o vice-campeão.

error: Content is protected !!