Baixo número de fiscais deixa desprotegida metade do Parque da Quiçama

Baixo número de fiscais deixa desprotegida metade do Parque da Quiçama

O número de efectivos é bastante baixo e Eduardo Benguela, chefe da fiscalização do Parque Nacional da Quiçama (PNQ), que falou com o Jornal OPAÍS durante o encerramento do I Workshop sobre Jornalismo e Ambiente, preferiu não entrar em pormenores, por questões de segurança . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta