Petro vence clássico e pressiona 1º de Agosto

Os tricolores venceram ontem os militares por 2-0, no 79º clássico da capital. Com esta vitória, o Petro de Luanda, é o segundo classificado com 26 pontos e fica a um ponto do líder, o 1º de Agosto

Três anos depois, os petrolíferos voltaram a vencer os militares, desta feita por 2-0 no Estádio 11 de Novembro, em jogo a contar para a conclusão da 11ª jornada do Girabola, Campeonato Nacional. O 1º de Agosto, tetracampeão nacional, foi a equipa que entrou a pressionar o último terço do clube do Catetão, mas sem perigo, porque a defesa do Petro de Luanda se fechava bem e nunca dava espaço de manobra.

Ainda assim, os rubro-negros, às ordens de Dragan Jovic, nunca tiravam o pé do acelerador e, no primeiro quarto de hora, poderiam ter inaugurado o marcador por intermédio de Mabululu.

Mas isso não passou de intenção, uma vez que Mabululu não teve a calma necessária para colocar a bola no fundo da baliza. Percebendo que o 1º de Agosto estava a crescer no jogo António Cosano fez algumas mexidas no sistema táctico da sua equipa substituindo Jacques Tuyisenge por Isaac Mensah, bem como Tony por Herenilson. Com a mudança, o 1º de Agosto já não conseguia chegar e entrar com perigo na defesa do Petro de Luanda.

Por conta disso, o Petro de Luanda controlava as movimentações do adversário e, aos 42 minutos, Dany abriu o marcador tendo ampliado o resultado aos 80’ por intermédio de Isaac Mensah. Com este resultado, o Petro de Luanda reforça a segunda posição, agora com 26 pontos e reduz a desvantagem pontual ante o 1º de Agosto, líder com 27 pontos.

error: Content is protected !!