“A Selecção parte como favorita”

Ivo Traça, técnico-adjunto do 1º de Agosto, está crente na vitória dos Palancas Negras, que hoje cumprem um dia de folga nos trabalhos de preparação, visando o jogo de Quartafeira frente à Gâmbia, em Luanda

Por:Kiameso Pedro

O treinador-adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, disse ontem a “OPAÍS” que está confiante numa vitória dos Palancas Negras diante da Gâmbia, na abertura da primeira jornada do grupo D de apuramento ao Campeonato Africano das Nações (CAN) dos Camarões de 2021. Ivo Traça afirmou que apesar de o combinado nacional ter vencido a Gâmbia (1-0) para as preliminares de acesso ao Mundial do Qatar, não poderá relaxar. Aliás, garantir a qualificação para o CAN dos Camarões é a palavra de ordem. Por conta disso, o treinador, que já passou pelo Desportivo da Huíla, incentivou os jogadores a darem o máximo, de modo a manterem os índices motivacionais para os próximos jogos. Ivo Traça afirmou mesmo que, nesta partida, a Selecção Nacional parte como favorita, uma vez que é mais competitiva comparativamente à Gâmbia.

Ainda assim, Ivo Traça fez saber que Angola terá que provar que é favorita dentro das quatros linhas, porque os gambianos vão entrar determinados. “Obviamente que somos os favoritos, até porque jogaremos em casa. Mas, a Gâmbia pode surpreender”, salientou. Questionado sobre a ausência de Danny Massunguna da lista dos convocados, Ivo Traça disse que não ficou surpreendido, porque o treinador Pedro Gonçalves elegeu os melhores do momento. “Não fiquei surpreendido com a ausência de Massunguna, até porque a selecção foi bem convocada e penso que o treinador escolheu os melhores do momento”, finalizou o treinador.

error: Content is protected !!