Georges Chikote aborda candidatura com as Bahamas

o embaixador de Angola na Bélgica, Georges Chikoti, foi ontem, Quarta-feira, recebido, em audiência, pelo ministro dos Negócios Estrangeiros das Bahamas, Darren Henfild, com quem abordou a candidatura de Angola ao posto de Secretário-geral do Grupo de Estados da África, Caraíbas e Pacífico, para o período 2020-2025

A eleição do futuro secretário-geral do grupo de Estados ACP, terá lugar na cimeira de Nairobi, de 7 a 10 de Dezembro. Além da candidatura de Angola existem outras duas, a do Zimbabwe e do Malawi. O grupo de Eins
tados ACP é composto de 79 países, de África, Caraibas e Pacífico.

A pré-candidatura do antigo ministro das Relações Exteriores de Angola foi aprovada em Setembro, durante a 10ª Reunião Ministerial da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), realizada em Gaberone, Botswana.

A candidatura angolana foi oficialmente apresentada à secretaria-geral do Grupo ACP em Bruxelas pelo ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, em Junho de 2019, tendo sido proposto Georges Chikoti, actual embaixador Extraordinário e Plenipotenciário de Angola no Reino da Bélgica, Grão-Ducado do Luxemburgo e junto da União Europeia.

Para o efeito, foram realizadas duas sessões consultivas ministeriais, sendo a primeira à margem da Reunião Ministerial do Comité do Órgão para Política, Defesa e Segurança da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral, em Lusaka (Zâmbia), em Julho de 2019, e a segunda, aquando da 39ª Cimeira Ordinária de Chefes de Estado e de Governo da SADC, decorrida em Dar-es-Salam (Tanzânia), em Agosto deste ano.

As referidas reuniões foram presididas pela ministra das Relações Internacionais e Cooperação do Botswana, Unity Dow, cujo país assume a coordenação da África Austral para o Grupo ACP.

error: Content is protected !!