O editorial:Dias de pânico

Jornal OPaís edição 1658 de 15/11/2019

Luanda está quase que em transe, em dois dias, assaltos espectaculares afectaram em plena via pública cidadãos nacionais e estrangeiros, envolvendo disparos de armas de fogo. Cidadãos estrangeiros baleados é um péssimo sinal de um país que se põe na montra a tentar atrair investidores estrangeiros. As autoridades devem explicações, como é possível alguém atrever-se a assaltar uma viatura, disparar contra o ocupante e fugir em pela baixa de Luanda sem ser capturado? Por onde passou? E mais ainda, o crime aconteceu ao lado de um tribunal, perto de instituições públicas e numa zona do perímetro de segurança do Palácio Presidencial. E depois, ao longo do dia de ontem, foi como uma cidade em guerra, as redes sociais ajudaram a difundir imagens de gente baleada. Assaltos em pleno dia e no coração da cidade. Os bandidos perderam o medo, a população está assustada.

error: Content is protected !!