Centralidade da açucareira continua paralisada por falta de financiamento

Centralidade da açucareira continua paralisada por falta de financiamento

O Projecto Habitacional da Açucareira (PHC), cuja primeira pedra foi lançada em 2017, em Caxito, província do Bengo, previa 212 apartamentos do tipo T3 para acolher mil e 272 habitantes numa primeira fase, não avançou muito e, até ao momento, nada se fala sobre os . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta