ISPT e universidade americana iniciam parceria

O Instituto Superior Politécnico Tocoísta (ISpT) e a universidade de Howard Washigton DC, dos Estados unidos da América, estão a encetar contactos para enriquecer os planos curriculares dos diversos cursos ministrados na instituição angolana, informou neste Domingo, diz o bispo da Igreja Tocoista, Afonso Nunes

Em declarações à imprensa, o líder religioso considerou a parceria uma maisvalia para o ISPT, tendo em conta o conhecimento e desenvolvimento que a universidade norte-americana já atingiu. Referiu que a Universidade de Howard, ao ter mais de 100 anos, ganhou prestígio no concernente ao processo de ensino e aprendizagem na formação de quadros, daí a Igreja Tocoista pretender desenvolver esta parceria. A previsão é que, no próximo ano lectivo, o Instituto Superior Politécnico Tocoísta possa a contar com a colaboração de professores norte-americanos na melhoria dos planos curriculares .

O bispo Afonso Nunes salientou que esta acção visa essencialmente preencher as lacunas existentes nos planos curriculares dos diversos cursos ministrados no ISPT, o que faz com que os alunos formados nesta instituição não estejam em pé de igualdade com os formados em outras universidades no mundo. Neste contexto, com o desenvolvimento desta parceria virão a Angola docentes norte-americanos para partilhar experiências com vista a atingir a excelência no quadro do ensino nas universidades em Angola. Por seu turno, o director adjunto do centro de estudos africanos da Universidade de Howard , Whcelce Winstear, explicou que estão em Angola para começar o relacionamento entre as duas instituições e as formas de poder colaborar. Num outro domínio, o bispo Afonso Nunes manifestou o seu repúdio pelos assassinatos ocorridos recentemente de cidadãos, à saída de bancos na cidade de Luanda.

“O angolano, na sua essência, sempre foi caracterizado como alguém que, apesar das dificuldades, jamais envereda para a prática de actos que atentam à vida do seu próximo, como forma de suprir as suas necessidades”, referiu. Apelou às entidades de direito para continuarem a desempenhar, com zelo e dedicação, as suas funções, em defesa dos direitos dos cidadãos e da estabilidade nacional. Anunciou, por outro lado, que está a decorrer desde o dia 10 do corrente mês uma campanha de recolha de bens alimentares e roupa usada, para brindar as crianças das províncias afectadas pela seca “Natal solidário”. Informou que até ao momento já foram recolhidas várias dezenas de toneladas de bens alimentares e roupa usada, adiantando que o primeiro balanço será efectuado a 8 de Dezembro.

 

error: Content is protected !!