O editorial:Tem de “cair na noite”

Jornal Opaís edição 1669 de 26/11/2019

O comandante provincial da Polícia Nacional em Benguela, comissário Aristófanes dos Santos, negou que a circunscrição tenha criminalidade organizada que envolve o tráfico ilícito de drogas pesadas. “Felizmente, na nossa província, podemos dizer sem medo de errar que não temos criminalidade organizada a este nível do tráfico ilícito de drogas pesadas”, afirmou à Rádio Lobito, segundo a ANGOP. Então, estamos perante um facto interessante em Angola: em Dakar são interceptados centenas de quilos de cocaína com destino a Angola; em Luanda a Polícia incinera quase uma tonelada de cocaína, o SIC anuncia a detenção de um “barão da droga”, mas em Benguela “não passa nada”. Se a Polícia não vê os traficantes, então que cáia na noite e verá como a cocaína circula. E quem fala de Benguela pode chegar ao Lubango e Huambo. O crime está tão bem organizado que a Polícia não vê

error: Content is protected !!