Manual de exportação Angola/ Emirados Árabes é lançado em janeiro

o aumento das trocas comerciais e o equilíbrio da balança comercial que pende para os Emirados Árabes Unidos são alguns dos objectivos do lançamento do manual de exportações

Um manual de exportações de produtos de Angola e dos Emirados Árabes Unidos será lançado no dia 21 de Janeiro no Dubai, anunciou o presidente da Câmara de Comércio, Vando Matias. “Vamos lançar este manual para que os empresários angolanos possam compreender como fazer negócios no Dubai.

A Câmara, quer em Angola quer no Dubai, está disponível a prestar assessoria em matéria de abertura de contas, criação de empresas e arrendamento de propriedades para escritórios”, avançou. Entretanto, já funciona no Dubai o escritório de representação da Câmara de Comércio Angola/Emirados Árabes Unidos, cuja abertura aconteceu no princípio do mês em curso. Segundo o presidente da Direcção da Câmara, o escritório tem como finalidade apoiar os empresários angolanos que pretendem fazer negócios nos diversos países que conformam os Emirados Árabes.

“Neste momento estamos focados no Dubai. Mas nos próximos tempos vamos estender as nossas acções para outros Estados”, avançou Vando Matias, acrescentando que “a balança comercial pende para os Emirados Árabes Unidos e precisamos equilibrar a curto prazo”.

O empresário e líder associativo refere que o apoio ao empresariado nacional passa por informação sobre as leis do país de acolhimento, sistema bancário, como legalizar uma empresa e outras de capital importância para quem entra no ramo dos negócios.

Vamos também tratar de mostrar o país real – Angola, que precisa de mais investimentos estrangeiros e os Emirados Árabes podem ser um bom parceiro, e já dá sinais com investimentos de monta na agricultura”, realçou, lembrando que será aberta, nos próximos tempos, uma fábrica de montagem de tractores,

Um pouco sobre os Emirados

Os Emirados Árabes Unidos têm uma economia aberta com elevado PIB por pessoa e expressivos superávides comerciais. Esforços bem-sucedidos no sentido de diversificar a economia reduziram a participação do petróleo e do gás natural no Produto Interno Bruto (PIB) a apenas 25%.

Desde a descoberta de petróleo nos Emirados há mais de 30 anos, o país tem passado por uma profunda transformação, de uma região de principados empobrecidos no meio do deserto para um país moderno com alto padrão de vida. Formados por uma confederação de monarquias árabes, cada uma detendo a sua soberania, os Emirados Árabes Unidos estão situados no sudeste da Península Arábica.

Os sete emirados são Abu Dhabi, Dubai, Xarja, Ajmã, Umm al-Quwain, Ras al-Khaimah e Fujeira. A capital e a segunda maior cidade dos Emirados Árabes Unidos é Abu Dhabi.

error: Content is protected !!