Banda Chiclete com Banana estreia-se em Angola

Sucesso nacional no Brasil, desde a publicação do disco “Gritos de Guerra”, em 1986, a banda brasileira Chiclete com Banana realizou no Sábado à noite a sua primeira actuação ao vivo na capital angolana (Luanda), no festival de pré-revellon “Au revoir 2019”

O grupo, um dos mais expressivos da Bahia no ritmo axê, dividiu o palco com o músico angolano Puto Português, numa noite ímpar em que a Cultura e angolana e bahiana se “encontraram”, com as suas semelhantes tradições e culturais. Aberto com atraso de duas horas, o festival foi aberto com a voz de Puto Português, músico que se tornou conhecido na música kuduro, mas tornou-se, nos últimos anos, um dos mais requisitados executores de semba em Angola.

Diante de uma plateia vibrante, o artista angolano esteve em palco durante uma hora e 45 minutos, tendo interpretado vários temas do seu repertório. Na sua actuação, Puto Português cantou, entre outros temas de sucesso, “Oh Tukina Ngó” e “João António”, esta última de autoria do músico Bonga Kuenda, coreografada pelo mais expressivo grupo carnavalesco do país: União Mundo da Ilha.

A banda Chiclete com Banana entrou em palco quando os ponteiros dos relógios marcavam 1 hora e 45 minutos, sob forte ovação do público, maioritariamente brasileiro. Em duas horas, cantou varias músicas do seu reportório e “sacudiu” a plateia com os seus melhores temas, num ambiente electrizante que só terminou às 3 horas e 45 minutos. Esta foi a primeira vez que Puto Português e Chiclete com Banana cantaram juntos num evento com esse formato, assistido por algumas centenas de espectadores.

error: Content is protected !!