Governo reduz 650 toneladas de importação de farinha de trigo por ano

O secretário de estado da indústria, ivan Prado, manifesta-se optiminsta sobre o quadro da produção nacional e refere que o executivo de João Lourenço prevê reduzir consideravelmente os níveis de importação de farinha de trigo

Por:Constantino Eduardo, em Benguela

O “adjunto” de Bernarda Martins no Ministério da Indústria considera a inauguração de iniciativa privada do complexo industrial ‘Carrinho’ pelo Presidente da República, em Benguela, uma lufada de ar fresco para a produção nacional, a julgar pelos gastos decorrentes da importação da farinha de trigo a que o Executivo se tem sujeitado anualmente, razão por que considere imperioso, tal como o PR, a existência de outras projectos de transformação dos produtos do campo.

Para o governante, o complexo industrial afi gura-se como uma clara demonstração daquilo a que chama esforço do Executivo tendente à diversifi cação da economia. ‘Hoje, nós importamos cerca de 650 toneladas de farinha de trigo por ano. Com esta infraestrutura que inaugurámos, e mais duas que estão em Luanda, vamos deixar de importar a farinha de trigo’, sustenta. Apesar dos projectos já executados e outros em carteira, o Ministério da Indústria está consciente de que este sector não se vai desenvolver se não tiver suporte da agricultura.

Ciente dos problemas de agricultores, relacionados fundamentalmente com o escoamento do produto do campo para as cidades, o secretário de Estado salienta que a questão está devidamente salvaguardada pelo Executivo em vários instrumentos de orientação da actual governação, com destaque para o PRODESI. ‘No passado, nós tínhamos o empresário do campo, hoje não temos, mas estamos a trabalhar no sentido de voltarmos a ter essa fi gura’, disse Ivan Prado, para quem, actualmente, em função dos investimentos no sector, os homens do campo já dispõem de indústria para transformar os produtos. Entretanto, para que o Estado reduza os níveis de importação, Ivan Prado defende a necessidade de os produtores apostarem seriamente na qualidade.

error: Content is protected !!