Pérolas africanas procuram primeira vitória no Mundial

Angola's Isabel Evelize W. Guialo scores a goal during the women's preliminary handball match between Angola and Montenegro at the 2016 Summer Olympics in Rio de Janeiro, Brazil, Monday, Aug. 8, 2016. (AP Photo/Matthias Schrader) Rio Olympics Handball Women

No Pavilhão Aqua Dome, no Japão, a Selecção Nacional sénior feminina de andebol defronta hoje, às 7:00 (horário de Angola, a sua similar da Holanda, para 2ª jornada do grupo A do Mundial

Por: Mário Silva 
A Selecção Nacional sénior feminina de andebol procura hoje, às 7:00, a primeira vitória, quando defrontar a Holanda, em jogo a contar para 2ª jornada do grupo A do Campeonato do Mundo, prova que decorre no Japão. Depois da derrota, por 25- 32, frente à Sériva, para ronda inaugural, as Pérolas africanas são obrigadas a entrar no piso do Pavilhão Aqua Dome concentradas de modo a conseguir o triunfo. Para isso, Wuta, Isabel Guialo e Natália Bernardo são obrigadas a “puxar pelos galões”, porque a equipa adversária tem jogadoras com enorme qualidade.

Deste modo, o treinador Morten Soubak terá de procurar explorar o contra-ataque organizado de modo a surpreender a turma europeia. Por seu turno, a selecção da Holanda acredita que é possível vencer as angolanas, mas têm de correr bastante durante o tempo regulamentar. Teresa Almeida “Bá”, Helena de Sousa, Amália Pinto (guarda- redes), Janeth Santos, Vilma da Silva, Iracelma da Silva pontas), Albertina Kassoma, Liliana Venâncio, Ruth João (pivôs), Wuta Dombaxi, Aznaide Carlos “Zica”, Juliana Machado, Magda Cazanga (laterais), Natália Bernardo, Isabel Guialo “Belinha” e Helena Paulo (centrais) são as jogadoras que estão às ordens de Morten Soubak. No mundial passado, disputado na Alemanha, em 2017, Angola ocupou a 19ª posição.

error: Content is protected !!