Andebol/Mundial: Angola vence Eslovénia com estreante na baliza

A guarda-redes Helena Sousa integrou pela primeira vez a equipa inicial e foi “trunfo” na vitória de Angola frente a Eslovénia, por 33-24, em jogo da 3ª jornada do Campeonato do Mundo sénior feminino de andebol, que decorre no Japão.

Em desafio do grupo A, disputado no pavilhão Aqua Dome, Helena anulou vários ataques, alguns em situação de um para um, conferindo segurança defensiva, sector em que Angola foi mais eficaz em relação aos dois confrontos anteriores (perdeu com a Sérvia 25-32 e  Holanda 28-35).

Efectivamente foi uma selecção totalmente diferente até na disposição do sete principal, que contou também com Azenaide Carlos (na posição de central) e Natália Bernardo (ponta direita).

O jogo colectivo, a defesa agressiva, os ataques directos e a eficácia no ataque já estiveram mais próximos do que é característico de Angola, sendo as mais concretizadoras Azenaide Carlos e Albertina Cassoma, com seis golos cada, esta última foi eleita MVP do desafio.

A partida foi equilibrada no arranque com quatro empates (3-3, 4-4, 5-5 e 7-7) até aos 19 minutos em que Albertina Cassoma marcou o 8º golo, levando Angola a um triunfo final de 9 tentos de diferença.

As campeãs africanas chegaram ao intervalo em vantagem (16-12), num jogo em que também estiveram em evidência Uta Dombaixi, Juliana Machado, Helena Paulo, Magda Cazanga e Janete Santos.

No reatamento Angola entrou de tal modo concentrada na defesa e certa no ataque que ficou evidente o quanto era superior perante a uma selecção europeia totalmente vavorita no encontro e à consta do mundial.

Com o resultado controlado, o técnicos Morten Soubak manteve Helena Sousa em campo ao longo dos 60 minutos. Não recorreu a até então guarda-redes titular Bá e nem a estreante Amália Pinto.

últrapassado o fantasma das duas derrotas no arranque, Angola volta a jogar quinta-feira diante da Noruega, às 12:30, para a quarta jornada.

Quarta-feira descansa, por força de calendário.

error: Content is protected !!