1º de Agosto escorrega diante do Zamalek do Egipto no Cairo

Os militares perderam ontem com o representante egípcio por duas bolas a zero, em partida referente à 2ª jornada do grupo A da Liga dos Clubes Campeões Africanos. Com este desaire, ocupam a última posição com um ponto

Por:Sebastião Félix

O 1º de Agosto perdeu ontem por duas bolas sem resposta com o Zamalek do Egipto, na sequência da segunda jornada do grupo A da Liga dos Clubes Campeões Africanos. Na cidade do Cairo, o representante angolano não teve argumentos para contrapor aos donos de casa. Por isso, Achraf Bencharki, ao marcar os dois golos, deu alegria aos adeptos egípcios nas bancadas. O avançado do Zamalek, com um posicionamento à altura, driblou a defesa do clube orientado por Dragan Jovic. Mesmo estando em vantagem, a formação das terras do Faraó pretendiam dilatar o resultado, mas tinham pouca eficácia ofensiva. As manobras ofensivas do Zamalek preocupavam a defesa do embaixador angolano, por isso o central Dany Massunguna teve uma tarefa difícil.

Antes de o árbitro mandar todo o mundo para os balneários, os militares reagiram, mas pecavam na finalização. Por esta razão, os egípcios fecharam as linhas de passe a partir do meio campo, o que isto dificultou a manobra ofensiva do campeão nacional. No reatamento da partida, os militares entraram mais ousados e com um futebol mais balançado para o ataque. As mexidas operadas não tiveram o escopo desejado, logo os egípcios tiraram partido nas jogadas defensivas. O meio do campo do clube fundado em 1977 “morreu” quando o médio Ibun foi tomar banho mais cedo por acumulação de cartões amarelos. Com este desaire, os militares ocupam a última posição com um ponto na tabela classificativa. O TP Mazembe da República Democrática do Congo Democrático (RDC) é o líder do grupo A com seis pontos. Na primeira ronda, o embaixador angolano empatou em casa com o Zesco United da Zâmbia a uma bola, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda.

leave a reply