Eleitos novos secretários municipais de Luanda do MPLA

Os comités municipais do MPLA da província de Luanda elegeram ontem, Sábado, os seus novos primeiros secretários do partido, durante a realização das conferências de balanço e renovação de mandatos. O município de Luanda elegeu Maria Antónia Nelumba, ao cargo de primeira secretária do MPLA, bem como novos membros para o comité municipal, no âmbito da política de alargamento da estrutura do partido ao nível da circunscrição. No acto, testemunhado pelo secretário do Bureau Politico (BP) do MPLA para a Política Económica, Salomão Xirimbimbi, a primeira secretária disse que conta com o apoio de todos, para o reforço da organização interna do partido e o seu crescimento face aos desafios do futuro, como as eleições autárquicas, previstas para 2020 e as gerais, para 2022.

Apontou como prioridade do seu mandato o acompanhamento das acções do governo na municipalidade, visando a melhoria das condições sociais dos munícipes, no concernente ao saneamento básico, fornecimento de energia eléctrica e água potável, entre outras iniciativas. Maria Antónia Nelumba, que é também presidente da Comissão Administrativa da Cidade de Luanda (CACL), desde Abril de 2018, substitui no cargo Mara Baptista Quiosa, nomeada governadora da província do Bengo, a 12 de Fevereiro de 2018, pelo Chefe de Estado, João Lourenço. O município do Cazenga, também, elegeu neste Sábado José Napuloceno de Andrade, para o cargo de primeiro secretário do MPLA, em substituição de Victor Nataniel Narciso que dirigiu o partido na municipalidade desde 2016. José Napuloceno de Andrade foi eleito na Conferência de balanço e alargamento das estruturas do partido, que aconteceu no Cine Cazenga, em que participaram 715 delegados dos quais 243 mulheres.

No encontro, que contou com a presença do membro do grupo de acompanhamento para o município do Cazenga, Virgílio de Fontes Pereira, os delegados tomaram conhecimento dos Relatórios das Comissões, aprovaram o Regulamento Interno, a constituição das equipas de trabalhos e a agenda. Foram igualmente apreciados, aprovados e discutidos o regulamento interno da III Conferência municipal de balanço, para a eleição dos novos 25 membros do comité municipal do partido, no âmbito do alargamento da sua estrutura.

Ao tomar a palavra, o primeiro secretário eleito disse que o município terá mais trabalho, coesão, disciplina e vitórias, com o redobrar da atenção dos militantes para os desafios do presente e do futuro. Defendeu que, apesar do Cazenga ser cobiçado por outras forças políticas, o MPLA vai manter-se firme visando os objectivos preconizados, “as grandes vitórias nas próximas eleições”. O processo de renovação de mandatos dos comités municipais do MPLA na província de Luanda está completo, com a realização das conferências nos municípios de Belas, Talatona e Cacuaco.

leave a reply