Ministra destaca importância do concurso público no sector da Saúde

A ministra da Saúde, Sílvia Paula Valentim Lutucuta, considerou ontem, Segunda-feira, no município do Tchinjenje (Huambo), que o concurso público para o preenchimento das 7 mil vagas disponibilizadas para o sector constitui uma grande oportunidade de emprego para os jovens, que, por sua vez, devem estar na dianteira deste processo. A governante teceu estas declarações na abertura oficial do concurso público de admissão de novos técnicos para o Sistema Nacional de Saúde, decorrido na vila municipal de Tchinjenje, a 118 quilómetros da cidade do Huambo, tendo salientado que este acto faz parte da materialização das acções do Executivo, que visam garantir um serviço sanitário capaz de responder às necessidades da população.

Sílvia Lutucuta informou que foram disponibilizadas mil e 242 vagas para a carreira médica, duas mil e 757 para enfermagem, mil e 691 para técnicos de diagnóstico e terapeuta, bem como 779 de apoio hospitalar e 531 para o regime geral, sendo que para a província do Huambo estão reservadas um total de 427 lugares. Informou que as inscrições decorrerão até ao dia 20 de Janeiro de 2020, através do portal www.ingresso-minsa.com, num altura em que o sector está empenhado na melhoria da qualidade dos profissionais, para a prestação de um serviço sanitário humanizado, no quadro do Plano Nacional de Desenvolvimento 2018/2022 e dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentáveis 2030 e da Agenda África 2020/2063. Nesta conformidade, a ministra da Saúde disse que, para além da melhoria das infraestruturas, do reforço do stock de medicamentos e do sistema de informação dos recursos humanos, foram aprovados os Estatutos da Carreira Médica, de Enfermagens, de Diagnóstico e Terapêutica, de Apoio Hospitalar e do Regime Remuneratório, que asseguram um salário justo, de acordo com o perfil académico.

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!