Editorial: A escola é um bom começo

Editorial: A escola é um bom começo

A Associação dos Sofistas Rodoviários de Angola (ASOROS) defendeu ontem, segundo a ANGOP, na província do Cuanza-Norte, a inserção das normas do Código da Estrada nos programas curriculares escolares, principalmente no I ciclo do ensino geral.

A ideia é excelente, o que está mal é que o apelo tenha ainda necessidade de ser repetido. É um absurdo não se ensinar ainda o básico do Código da Estada aos meninos em Angola, porque, como se diz, é de pequeno que se torce o pepino e, também, porque é inconcebível que as autoridades ainda não tenham percebido que boa parte da sinistralidade rodoviária em Angola se deve apenas a questões de educação, de formação, de comportamento cívico. E isto o Estado pode prevenir já na escola.