1º de Agosto procura regressar à liderança do Girabola

Depois de perder a liderança para o Petro de Luanda, os militares defrontam hoje os lobitangas no relvado do Estádio 11 de Novembro, em Luanda, no acerto da décima terceira jornada do Girabola 2019/20, às 16:00

Por:Kiameso Pedro

O 1º de Agosto, tetracampeão nacional, recebe hoje a Académica do Lobito, no “tapete” verde do Estádio 11 de Novembro, em Luanda, no desafi o de acerto da décima terceira jornada da 42ª edição do Girabola, Campeonato Nacional, a partir das 16:00. Em caso de vitória, esta tarde, a equipa militar regressa à liderança da prova com 33 pontos, relegando, assim, o Petro de Luanda para a segunda posição (32). Por seu lado, caso vençam, os estudantes reforçam o terceiro lugar com 28 pontos. Apesar da diferença que existe entre ambas as agremiações no que diz respeito à qualidade dos plantéis, o duelo promete ser bem disputado. Aliás, as duas formações estão a efectuar a uma temporada digna de realce.

Ainda assim, o favoritismo recai sobre a equipa comandada pelo treinador Dragan Jovic, de 56 anos. Mas, os rubro-negros partem cientes de que os visitantes não virão a Luanda para fazer turismo. Os “estudantes”, às ordens de Águas da Silva, vão entrar determinados de modo a sairem da partida com os três pontos na bagagem. O registo da Académica do Lobito nos confrontos frente ao 1º de Agosto tem sido visivelmente desfavorável.

O 1º de Agosto leva vantagem, uma vez que soma 14 vitórias contra seis da Académica do Lobito. O encontro teve de ser adiado na data inicialmente marcada por força do envolvimento dos rubro-negros na fase de grupos da Liga dos Campeões da CAF. Resultados já verificados: No Estádio Mundunduleno, o Bravos do Maquis bateu o Sporting de Cabinda (1-0), ao passo que o Cuando Cubango FC vergou o Progresso do Sambizanga por três bolas sem resposta. Por sua vez, o Santa Rita de Cássia e o Sagrada Esperança empataram a zero, resultado registado no confronto entre o Interclube e Williete de Benguela. O Recreativo da Caála venceu o Desportivo da Huíla por uma bola a zero, enquanto o 1º de Maio de Benguela e o Ferrovia do Huambo empataram a uma bola.

leave a reply

error: Conteúdo Protegido!