Fábrica produz 85 mil metros quadrados de mosaico e azulejo

Uma nova unidade industrial denominada Sino Ord, com capacidade para produzir 85 mil metros quadrados de mosaico e azulejo, está em funcionamento desde Novembro último na comuna da Barra do Dande, província do Bengo

A unidade produz actua l mente entre 75 a 76 mil caixas de mosaicos, azulejos e papelão para embalagem, quantidades que poderão duplicar no próximo ano, com a entrada em funcionamento de uma outra linha de produção. Com um investimento de cerca de 84 milhões de dólares norte americanos, a empresa prevê lançar em Janeiro de 2020 a segunda linha de produção, enquanto para Junho está programada a entrada em funcionamento de quatro novas indústrias viradas para produção de vidro e de bebidas não alcoólicas (refrigerantes e leite).

O administrador do pólo industrial, Vivaldo Ramos, que prestou a informação durante a visita realizada hoje à província pelo secretário do Presidente da República para o Sector Produtivo, Isaac dos Anjos, disse que o projecto contempla, numa primeira fase, dez indústrias, e numa segunda, 20 unidades fabris construídas numa área de 400 metros quadrados. Estas estarão viradas para a produção de tecto falso, telhas,operacionaloiça sanitárias, vidro, estrutura de revestimento vidrada, bebidas não alcoólicas (refrigerantes e leite). Para garantir o funcionamento das diferentes fábricas, a empresa vai, nos próximos dois anos, infra-estruturar o pólo industrial na sua totalidade, com energia eléctrica, água potável, entre outras melhorias. Actualmente, os produtos têm como principal destino os mercados formais e informais da província de Luanda, prevendo- se expandir a outras regiões do país.

O empreendimento criou 1.200 postos de trabalho nacionais e 110 expatriados. Em 2020 este número poderá aumentar com a entrada em funcionamento de mais unidades fabris. A governadora provincial do Bengo, Mara Quiosa, destacou na ocasião a importância do empreendimento na geração de emprego para a juventude, e no desenvolvimento económico do país. Frisou que a nova fábrica constitui uma mais-valia para o desenvolvimento da região, e um ganho que permitirá ao governo criar políticas que visem facilitar a iniciativas privadas.

error: Content is protected !!