MPLA prepara estrutura para continuar a vencer em Luanda

De acordo com Mário Pinto de Andrade, os militantes em Luanda, que representa a praça política mais concorrida do país, devem ter consciência dos desafios e contribuir para que o programa de governação do partido seja, de facto, cumprido

Por:Maria Custodia

O secretário para os Assuntos Políticos e Eleitorais do Bureau Político do MPLA, Mário Pinto de Andrade, afirmou que o partido está pronto para os novos desafios políticos que se avizinham com a realização das eleições autárquicas aprazadas para 2020. O político falava durante o acto de lançamento da “Jornada Política Patriótica nos Distritos Urbanos e Comunas” e afirmou que, com a apresentação dos novos primeiros secretários municipais dos distritos urbanos e das comunas, o partido na província de Luanda afina a sua máquina para continuar a ser poder.

De acordo com Mário Pinto de Andrade, os militantes na capital, que representa a praça politica mais concorrida do país, devem ter consciência dos desafios e contribuir para que o programa de governação do partido seja, de facto, cumprido. “A missão é realizar as grandes aspirações do povo angolano. Os militantes são os combatentes da linha da frente. Não podem perder nenhuma batalha. Temos que ganhar todas as competições que se avizinham”, defendeu o político, para quem é preciso valorizar a escolha do povo que tem escolhido o partido nas eleições para estar na liderança do país, pelo que advoga a necessidade de se trabalhar continuamente para que os próximos desafios sejam vencidos.

“Precisamos que a JMPLA, a OMA e o partido estejam bem organizados. A nossa preocupação é hoje sabermos quantos somos e onde estamos”, apontou. Mário Pinto de Andrade falava em representação da vicepresidente do partido e fez saber que dentro de pouco tempo o MPLA tem pela frente dois grandes desafios, que são as eleições autárquicas e as gerais. No seu entender, se o partido estiver bem organizado e cumprir as orientações do seu presidente, João Lourenço, respeitando os estatutos, estes desafios poderão ser vencidos. “Para continuarmos fortes, todos os dias devemos recrutar mais membros para as fileiras do partido. Esta é uma missão que, mensalmente, deve ser cumprida pelos comités comunais e distritais”, assegurou.

error: Content is protected !!