Carta do leitor: tapem os buracos em calomboloca e Dondo……

Carta do leitor: tapem os buracos em calomboloca e Dondo……

Bom dia, ilustre director. Infelizmente as coisas más ainda são muitas no nosso pais. A desproporção entre o mal e o bem é grande. Há muita pouca coisa para elogios. E o pior ainda é que o pão falta na mesa da maioria. É preciso muito trabalho para o bem superar o mal. E uma das coisas que esta mal, são os buracos na estrada de Calomboloca, região de Catete e a entrada do Dondo, Município de Cambambe.

Estas estradas tinham sido reconstruídas a bem pouco tempo. O trabalho realizado foi como sol de pouca dura. Hoje, quem viaja de Luanda para Maria Teresa, quando chega a Calomboloca fica bastante triste com o estado da via. Buracos e buracões por todo lado. As manobras exercidas pelos condutores para fugirem dos buracos tem provocado acidentes. Alem dos acidentes, há enormes prejuízos nos meios rolantes. Peças diversas acabam por danificar devido os buracos quase sem intervalo. Uns atras de outros. São buracos sem limites.

O pior acontece a noite com a estrada envolvida na escuridão. Custa acreditar que estamos em catete, a terra do fundador da nação, o saudoso Presidente Agostinho Neto. O Herói que deixou a maior palavra de ordem de todos os tempos em Angola independente. “O mais importante é resolver os problemas do povo. A ausência desta máxima, desta palavra celebre, esta também a entrada do Dondo, por sinal a primeira cidade construída em Angola. Buracos e muita poeira naquela terra tida como a mais quente do pais. No Dondo, aonde o sol é super ardente, a estrada arranjam hoje e estraga amanha. Inacreditável, meu Deus.

O pior acontece a noite com a estrada envolvida na escuridão. Custa acreditar que estamos em catete, a terra do fundador da nação, o saudoso Presidente Agostinho Neto. O Herói que deixou a maior palavra de ordem de todos os tempos em Angola independente. “O mais importante é resolver os problemas das estradas e outros mais, acho que carecem de um tratamento tradicional, como diz um amigo meu rico de humor. Espero que a próxima reabilitação destas duas vias sejam para valer.

Mariana da Costa

Luanda